Nos versos que fiz pra ti
Há cadência e harmonia.
Há recheios de saudade
E um encanto de poesia.



A saudade é um acorde
Que vibra sem cessar.
Leva a alegria embora
Deixa a tristeza no ar.



A saudade é tamanha.
Mas, também inspiração
É como fogo a queimar.
No altar da recordação.



A saudade vai e volta,
Parece as ondas do mar.
É como dormir ao relento
Esperando o dia raiar.

Wilson Carlos Roberto



O vento trouxe teus versos,
Recheados de nostalgia,
Foi o alimento mais precioso,
A alegrar este meu dia.



Degustei em cada letra,
O sabor dos lábios teus,
Revivendo na lembrança,
O nosso último adeus.



A cadência dos teus versos
Cadenciou a minha vida,
Sinto neles tua presença,
Teu afeto, amor, guarida.



Laços de cumplicidade,
Unindo-nos sempre estão
Mesmo longe na saudade,
Somos um só coração!

Clara Strapazzon
 

 

 

            


                   
 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 

 

Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 2013 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados.

 

Soledad