HAIKAIS

 

 

 Haikai  001

escorre do galho
pelas gotinhas de orvalho
o choro da flor

(Clara Strapazzon)
 

Haikai  002

nas estações frias
andorinhas migratórias
fogem com o vento

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 003

vaga pelo ar
uma folha solitária
final de estação

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 004

o pingo de orvalho
desprende-se da folha
buraco no solo

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 005

dois arco-íris
atravessam o céu
final de tarde

(Clara Strapazzon)
 
Haikai 006

madrugada fria
repetidos lampejos
temporal à vista

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 007

presa na rede
uma foca se contorce
em pleno meio-dia

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 008

pousa a borboleta
sobre a relva molhada
depois da chuva

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 009

bolhas de sabão
levadas pelo vento
cintilam no ar

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 010

as pombas partem
do casebre em ruínas
festa vespertina

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 011

manhã de setembro
o colibri suga o néctar
 jardim florido

(Clara Strapazzon)
 
Haikai 012

flor de primavera
nascida fora de época
sucumbe ao sol

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 013

água transparente
adormecida no lago
espelho da noite

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 014

desaba das nuvens
granizo de primavera
tapete gelado

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 015

o ninho da pomba
na fresta do telhado
desfez-se ao vento

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 016

fortes tempestades
nos meses de outono
frutas pelo chão

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 017

chove no sertão
finas gotas milagrosas
sobre a plantação

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 018

calor do verão
intensas recordações
aquecem meu corpo

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 019

falta de chuva
no interior do nordeste
sertanejo sofre

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 020

pegadas na areia
apagadas pelas ondas
mar agitado
 

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 021

choro e saudades
no cemitério da paz
dia de finados

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 022

época de inverno
árvores congeladas
resistem ao tempo

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 023

chuva de granizo
destrói o milharal
em pleno verão

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 024

calor do verão
intensas recordações
aquecem meu corpo
 

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 025

estrada longa
horizonte à vista
sol se despede
 

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 026

vapor à espera
hora da despedida
adeus ilusões
 

(Clara Strapazzon)
 

Haikai 027

sol escaldante
no sertão nordestino
solo empedrado
 

(Clara Strapazzon)
 

 

 


 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 

 



* Clara Poesias *
O Jardim das Emoções

 

 

 

Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 20011 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados.