No dedilhar dos seus dedos,
A cada letra teclada,
Revela seus segredos,
Escrevendo a sua amada.



É a música anunciada,
Numa sinfonia matinal,
Vai repetindo que a ama,
Com um amor, sem igual.



Eu fico a chorar baixinho,
Ao ver que perdi seu carinho,
E me perco em minha dor.



Igual a um passarinho,
Se abrigando em seu ninho,
Sem poder entregar meu amor.

Clara Strapazzon

 

 


 

             

 


 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 

 

 

Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 2009 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados .

 

Sonata ao Luar Beethoven