Clara Strapazzon

    

Abro as asas da imaginação,
Lanço-me, com destino certo, 
Vou direto ao teu coração, 
Buscando aconchego, afeto.



Quero matar esta saudade, 
Que sem piedade me invade, 
Pura maldade, para quem ama, 
Trama cruel, sem identidade. 



Sinto falta dos mimos teus,
Do teu olhar de felicidade, 
Ao se fixar, aos olhos meus.



Sinto falta, do teu sorriso, 
De tua presença, tua bondade, 
Saudade de ti, meu paraíso. 

 



                       


 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 



Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 2007/2012 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados .

 

aryou lonesome tonight