Clara Strapazzon



Surge nos picos das altas montanhas,
Qual pássaro, voando tranqüilamente,
Armação de ferro, em mil façanhas,
Transporta no seu seio, tanta gente.
 
 



Sem se importar com a solidão da nuvem,
Vai riscando o céu de ponta à ponta,
Penetra sem pudor a brisa virgem,
Deflora, usa, abusa, a deixa meio tonta.
 
 



Num mágico instante cruza fronteiras,
Acorda impune, o sono das geleiras,
Rasga os primeiros clarões, no amanhecer.

 


 
Toca o chão firme antes que o sol desponta,
Pisa o solo frio, sem se dar conta,
Das vidas dependentes do seu proceder.

 

 
 


 

 
 
        
 
   
   

 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 


Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 2007/2012 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados .

 

Yanni - Before I Go