É amor

Essa vontade incontida,
Que cresce dentro do peito,
Que maltrata e castiga,
Dizendo: não tem mais jeito.

É amor

Esse turbilhão de sentimentos,
Invadindo-me a todo o momento,
Dominando a minha razão,
Sem ao menos pedir permissão.

É amor

Essa sensação que me invade,
Enlouquece-me de saudade,
E aprisiona todo o meu ser,
Na ânsia louca de poder te ter.

É amor

Essa sede ardente que me devora,
No imenso deserto dessa paixão,
Que te chama e por ti implora,
Apenas um espaço no teu coração.


Clara Strapazzon

 

 

 

 

 

 

 

                    

 

 


 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 


 

Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 20012 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados.

 

Yo Naci para Amarte Alejandro Fernandez