Em verde relva deitada
Sob um lençol de estrelas
Naquela fria madrugada
Chamei teu nome ao vê-las.
 


Surgiu nas bordas da lua
A estrela mais brilhante
Reconheci a imagem tua
Naquele mesmo instante.
 



Meu corpo todo estremeceu
Minha voz ficou embargada
Teu lindo olhar fitando o meu
Seduzindo-me pela madrugada.
 



Peguei carona nos sonhos teus
Com passaporte sem volta
Fomos abençoados por Deus,
Tendo os Anjos como escolta.


Clara Strapazzon

 

                

 
 

   
 

 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 


Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 2007/2012 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados.