Rio que corre entre pedras,
Contorna barreiras,
Traça caminhos,
Querendo chegar...



Tuas águas inquietas,
Olhar tão distante,
Tua meta é o mar.



Rio que transborda,
No encontro das águas,
Abraço festivo,
Querendo se dar...



Rio que balança,
De um lado pra outro,
Tua dança é sublime,
O chão é teu lar.

Clara Strapazzon



 

          
 
 
 
  
 

Envie essa página a um amigo

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo
E-mail do Amigo:
Digite uma mensagem para seu amigo

 


Design by Clara Strapazzon ®

Copyright © 2007/2012 by Clara Strapazzon

Todos os direitos reservados.

 

Blondie heart of Glass